Em época de quarentena, adolescentes tendem a se engajar menos no orçamento familiar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

Blu, aplicativo de educação financeira para adolescentes do Banco BS2, comparou a movimentação das famílias em fevereiro e março e chegou a uma constatação assustadora. Enquanto os desafios voltados para crianças até 9 anos tiveram um crescimento médio de engajamento de cerca de 13%, entre os adolescentes essa mesma média caiu em todas as faixas etárias, sendo a mais grave a dos 10 a 12 anos, com queda média de 37%. 

“O Blu é uma ferramenta que tem por objetivo estimular o desenvolvimento de habilidades e competências por meio de desafios, usando a metodologia de aprender fazendo, de maneira descontraída, semelhante a um jogo”, explica Marcos Figueiredo, co-fundador do Blu.  

Os desafios podem ser customizados de acordo com a idade e a rotina dos filhos para que eles possam aprender a valorizar o esforço, planejar e realizar uma rotina, poupar para um propósito, consumir de forma consciente e também a ser solidário. Marcos acredita que a queda do engajamento dos adolescentes para realizar os desafios propostos tem a ver com a mudança repentina na rotina da família e especialmente deste público, já que suas opções de lazer e convívio social, como a escola, estão suspensas. 

“Muitos pais estão preocupados em como engajar as crianças, até como forma de entretê-los, mas o adolescente também precisa ser lembrado. Precisamos fazer deste momento desfavorável, um momento de aprendizado. Reforçando valores e desenvolvendo habilidades necessárias para finanças e para a vida. Hora de rever os objetivos, reduzir o desperdício e ser mais solidário.” 

Para mais informações: JeffreyGroup 
bs2@jeffreygroup.com

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário abaixo

Siga a gente nas redes sociais

Posts mais lidos

Posts recentes