Entenda o que é e como funciona o Bitcoin

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

Criado em 2008 por alguém sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto, o Bitcoin é uma moeda virtual cujo nome é a junção de bit – a unidade de informação dos computadores – e coin, que é moeda em inglês. Até hoje ninguém sabe realmente quem ou quantas pessoas, de fato, ajudaram na criação do Bitcoin, que pode ser usada na compra de serviços e produtos em estabelecimentos comerciais que aceitem ser pagos com ela. Assim como o dólar, o euro, o real…

Mas, existem mais diferenças do que semelhanças entre o Bitcoin e as moedas que estamos acostumados a usar. A primeira delas é que o Bitcoin é exclusivamente eletrônico. Ou seja, não dá para guardar uma notinha no bolso. É preciso instalar um aplicativo no telefone ou computador para armazenar e movimentar a moeda digitalmente.

Um dos aspectos mais importantes de qualquer moeda é garantir que ela não seja falsificável ou clonada, o conhecido problema do gasto duplo. Foi nesse contexto que surgiram as discussões sobre como deveria ser uma moeda digital descentralizada e de código aberto, e que serviram de espinha dorsal para o surgimento do Bitcoin. 

O Bitcoin é uma moeda descentralizada. Em vez de ser regulada pelo Governo ou Banco Central de um País – como acontece, por exemplo, com a nossa moeda (real) -, o Bitcoin se autorregula. Seu valor varia de acordo com projeções e especulações de mercado e sua movimentação acontece em transações de pessoa para pessoa, sem a intermediação de instituições financeiras.

O Bitcoin é uma moeda virtual criado em 2008 por alguém sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto (Imagem: Freepik)

Como o Bitcoin é minerado ou gerado?

Em resumo, os Bitcoins são criados por meio de um cálculo matemático complexo feito por computadores. Esse processo é chamado de mineração e exige computadores com uma alta capacidade computacional que consomem muita energia. Pra agilizar esse processo, a mineração costuma acontecer em rede, combinando-se o processamento de diversos computadores.

O desafio dessa rede é encontrar uma sequência que torne um bloco de transações de Bitcoin compatível com o bloco anterior. Para isso, o computador precisa efetuar milhares de cálculos por segundo para encontrar a combinação perfeita, por isso que eles precisam ser extremamente potentes.

Ao encontrar a sequência compatível, o minerador recebe uma recompensa em Bitcoin para cada bloco que ele minerar. Essa recompensa foi criada com a intenção de pagar as pessoas que emprestam poder computacional para manter a rede do Bitcoin funcionando, conhecida como blockchain.

Milhares de mineradores ao redor do mundo competem diariamente pela recompensa que os blocos oferecem. Um bloco de transações de Bitcoin é formado a cada 10 minutos.

Blockchain = cadeia de blocos

A blockchain é uma cadeia (sequência) de blocos, cada um deles contendo um certo número de transações. Assim, ela funciona como um registro público de todas as movimentações na rede do Bitcoin, de forma que qualquer um pode checar a legitimidade de uma transação.


Essa tecnologia garante a segurança das operações com a moeda, permite o registro, a validação e o acesso amplo às transações. E, principalmente, protege o sistema de fraudes. Isso acontece porque o armazenamento dos dados é feito em blocos que se encadeiam em ordem cronológica e carregam uma espécie de resumo das informações do bloco anterior. Pra hackear um bloco, seria preciso hackear o anterior a ele e assim por diante.

Entre avanços tecnológicos, oscilações de preço e incertezas, o Bitcoin vai ganhando popularidade e espaço no mercado. Hoje, é possível, inclusive, encontrar fundos de investimentos e ETF (Exchange Traded Funds) ligados à criptomoedas em plataformas de investimentos, como o Banco BS2.

Gostou do conteúdo? Então, compartilhe em suas redes sociais.

Baixe o app do Banco BS2 e abra uma conta investimento!  

Abra uma Conta BS2 Empresas!   

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário abaixo

Siga a gente nas redes sociais

Posts mais lidos

Posts recentes