IPO – Saiba o que é e como funciona

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

Se você acompanha notícias sobre investimentos, provavelmente já escutou o termo IPO, sigla que significa Oferta Pública Inicial. Neste texto, a gente explica tudo que você precisa saber sobre o tema! Vamos lá?

O IPO é um processo no mundo dos investimentos que tem chamado a atenção dos investidores. Na prática, esse processo é a porta de entrada de uma empresa no mercado de capitais. A partir do momento que uma instituição é listada na Bolsa de Valores, os investidores têm a oportunidade de se tornarem acionistas da organização e podem receber uma parcela dos lucros do negócio.

O objetivo do IPO é captar recursos para realizar investimentos geralmente com foco na expansão do negócio

A Comissão de Valores Imobiliários (CVM) é a autarquia responsável por realizar a análise criteriosa da empresa e autorizar a liberação do IPO. Quando ocorre essa abertura de capital, a empresa deixa de ser uma SA de capital fechado, e se torna uma S.A de capital aberto compartilhado com diversos investidores (Sociedade Anônima).

Ter um plano de negócios bem elaborado e uma sólida estrutura corporativa e financeira são requisitos básicos da empresa que busca um IPO. Além de mecanismos de compliance (que evitam fraudes e desvios éticos), gestão de riscos e uma eficiente relação com investidores. 

Etapas de um IPO até chegar na Bolsa

  • Roadshow: reuniões de apresentação realizadas por instituições financeiras que assessoram as operações para o mercado. Elas buscam despertar o interesse de grandes investidores a participar do negócio;
  • Registro: é necessário realizar registro de companhia aberta junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e solicitar listagem à B3, a bolsa brasileira. As empresas também devem solicitar autorização para realizar a venda de suas ações ao público;
  • Prospecto: este documento, que tem centenas de páginas, apresenta as informações essenciais para que o investidor entenda a companhia que está abrindo o capital;
  • Bookbuilding: esse mecanismo considera a quantidade de ações e a que valor que os investidores institucionais indicaram que querem comprar para estabelecer o preço a que os papéis serão efetivamente lançados.
investir dinheiro

Tipos de ofertas de um IPO: Primária e Secundária

  • Oferta Primária: nessa categoria a empresa emite novas ações emitidas para vende-las e os recursos captados são destinados para expansão dos negócios;
  • Oferta Secundária: também conhecida como follow-on, nessa modalidade a instituição negocia ações já existentes. Esse movimento acontece quando os sócios optam por diminuir a sua participação nos negócios e colocam suas ações à venda.

Vale a pena participar um IPO?

Qualquer investidor Pessoa Física pode participar de um IPO desde que possua uma conta investimento em um banco ou corretoraGeralmente, as empresas que realizam IPOs estão em ótimo momento, logo a principal vantagem desse modelo de investimento é tera oportunidade de adquirir asações da instituição escolhida antes delas chegarem ao mercado.

Mas atenção, antes de tomar a decisão de aplicar o seu dinheiro em um IPO, faça uma análise criteriosa da instituição que está abrindo capital e leia todos os materiais de divulgação da oferta.

Em resumo, se você está buscando diversificar seus investimentos e aumentar seus lucros, é interessante participar de um IPO.  Afinal, caso aconteça uma supervalorização das ações da empresa escolhida no momento que ela entrar no mercado, o investidor obtém bons lucros.

Entenda como funciona a subscrição de ações

Já pensou em entrar em um IPO? Deixa seu comentário aqui embaixo!

Comece a cuidar melhor do seu dinheiro. Abra sua conta digital BS2 e acesse as melhores opções de investimento do mercado!

Abra também a sua Conta BS2 Empresas

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário abaixo

Siga a gente nas redes sociais

Posts mais lidos

Posts recentes