O que é Engenharia Social?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

Entenda mais sobre essa prática e veja as dicas que BS2 preparou para você não cair em golpes 

A engenharia social utiliza da habilidade de convencer as pessoas a acreditarem em algo ou alguém com a finalidade de extrair algum tipo de informação confidencial. Normalmente, no mundo digital a engenharia social é utilizada por golpistas para conseguir acesso às informações financeiras, como por exemplo: conta de acesso, senhas, tokens, informações de cartões e até mesmo fazerem as pessoas transferirem voluntariamente dinheiro para outras contas.  

Há várias técnicas de engenharia social que golpistas empregam na tentativa de roubar informações, e estão constantemente renovando seu arsenal de métodos. Os mais conhecidos são:  

  • Phishing  

São e-mails tentadores anunciando uma superpromoção ou notificando ações judiciais que você desconhece, e até mesmo e-mails informando pagamentos pendentes. Provavelmente muitas pessoas já receberam e-mails assim e passaram por este tipo de abordagem que despertam o nosso interesse. Fique esperto e não clique em nenhum link, apenas exclua da sua caixa de entrada.   

  • Smishing  

Nome estranho não é mesmo? Mas a prática desse golpe é mais comum do que se possa imaginar. O Smishing é a prática de golpe que usa o SMS como principal canal, como envio de texto ou número de telefone. Esses textos normalmente pedem a realização de algum tipo de ação, como ligar para um número de telefone ou acessar um link falso. Podem inclusive solicitar algum tipo de alteração cadastral sempre com o intuito coletar as informações que irão possibilitar o ganho, a realização da fraude pelo golpista. 

  • Vishing 

Vishing é uma variação de golpes que utiliza a voz, o áudio, uma ligação onde o golpista se passa por alguma instituição financeira ou atendente de algum outro tipo de setor com o intuito de enganá-lo e fazer com que você ceda a suas informações, principalmente informações bancárias, senhas, tokens, dados de cartão incluindo o CVV (Código de verificação do cartão). 

É muito comum que neste tipo de golpe utilizar a ligação fingindo ser de alguma central de atendimento. Em muitos casos, eles usam os mesmos sons, o mesmo número da central.   

  • DICAS DO BS2 PARA EVITAR CAIR EM GOLPES 

– Recebeu um contato diferente? Sempre procure a fonte da informação que você recebeu seja, por e-mailSMS ou outro canal. Desconfie de mensagens inesperadas que oferecem ganhos ou vantagens. 

 
– Você recebeu uma mensagem de algum amigo ou conhecido pedindo dinheiro? Procure ele pessoalmente para entender o que está ocorrendo. 

 
– Recebeu uma ligação dizendo ser da central de atendimento do seu banco e estão pedindo, senha, código de acesso ou outras informações pessoais? Desligue e procure outro canal de contato do seu banco para buscar esclarecimentos.  

  • DESCONFIE SEMPRE 

Desconfie sempre de E-mails, SMS e ligações que dizem ser do seu banco pedindo alguma ação. As instituições financeiras, como o BS2, não ligam e não enviam SMS ou links solicitando informações confidenciais como: dados de cartão, atualização de tokens de segurança e muito menos senhas de acesso. 

Não forneça informações confidenciais pelo telefone ou qualquer outro canal. 

Nunca retorne ligações que oferecem promoções imperdíveis ou dizem ser de alguma central telefônica.  

O BS2 se preocupa com você e com os seus dados. Por isso, buscaremos sempre te informar através dos nossos canais as práticas maliciosas do mundo digital. 

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário abaixo

Siga a gente nas redes sociais

Posts mais lidos

Posts recentes