PESQUISA BS2: Empresas acreditam que super apps e marketplaces ditarão tendências do setor bancário

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

O levantamento analisou a percepção atual sobre os bancos, tendências para o futuro e impactos da pandemia para o setor

Um levantamento do Banco BS2 revelou que a maioria das PMEs brasileiras creem que super apps, que reúnem múltiplos serviços em uma mesma plataforma, marketplace e novos canais de e-commerce serão as tendências do setor bancário. Ao todo, foram ouvidas mais de 400 pessoas, líderes de pequenas e médias empresas de todo o país, entre os dias 24 de junho e 13 de julho de 2021. De acordo com o levantamento:

  • 8 em cada 10 entrevistados (81%) acreditam que haverá um fortalecimento e crescimento dos super apps,
  • 80% acham que os marketplaces continuarão crescendo mesmo com fim da pandemia.
  • Para 78%, o sistema bancário será totalmente integrado
  • Enquanto 77% entendem que os bancos que não se modernizarem em processos operacionais e administrativos terão dificuldades em se manterem competitivos.
78% acreditam que inovações como o Pix e Open Banking contribuíram para as transformações no sistema bancário

Pequisa BS2 PME: Migração para conta digitais PJ

Com um mercado cada vez mais exigindo inovação e diversificação dos serviços prestados pelas instituições bancárias, as empresas têm migrado suas contas para os bancos digitais. Segundo o levantamento, entre as companhias que utilizam os novos bancos:

  • Mais de dois terços (70%) abriram sua conta há três anos ou menos.
  • Enquanto isso, 62% dos entrevistados que só possuem contas nos bancos tradicionais, afirmaram ter interesse em utilizar os serviços das instituições digitais
  • Esse percentual chega a 71% na região Nordeste.

Tarifas menores e agilidade no atendimento, além da fácil utilização da plataforma/app são fatores que fazem as PMEs abrirem contas em bancos digitais 

“É possível constatar que a população brasileira já reconhece as soluções dos bancos digitais no mesmo nível ou até superiores às dos bancos tradicionais, afirma Breno Guelman, executivo do BS2. Essa transformação foi primeiro percebida na Pessoa Física e agora começa a ficar evidente para as Pessoas Jurídicas, em especial para as PMEs, que representam a maior parte desse das empresas no país”, completa.

Sobre os critérios que fariam as empresas mudarem de banco, os empresários e gestores apontaram menores tarifas, agilidade no atendimento, rentabilidade e fácil utilização de aplicativo ou plataforma.

Oito a cada 10 empresas ouvidas apontaram a rapidez na solução de problemas e no atendimento a qualquer hora do dia como as principais influências do modelo digital

Pesquisa BS2 PME: Modernização do sistema bancário

O levantamento também traz um panorama da visão dos executivos sobre o principal fator para a modernização do sistema bancário. Mais de três quartos (79%) dos entrevistados veem relação entre o avanço das inovações bancárias e surgimento dos bancos digitais. Para 76% deles, a agilidade nos processos bancários também teve influência dos novos bancos. Outros 78% acreditam que inovações como o Pix e Open Banking contribuíram para as transformações no setor.


78% acreditam que inovações como o Pix e Open Banking contribuíram para as transformações no sistema bancário

Oito a cada 10 empresas ouvidas apontaram a rapidez na solução de problemas e no atendimento a qualquer hora do dia como as principais influências do modelo digital, assim como a desburocratização do sistema. Quando questionados sobre os principais avanços das instituições financeiras nos últimos cinco anos, as PMEs apontam: a maior velocidade nas transações financeiras (35%); aplicativos mais rápidos e completos (35%) e maior automação dos processos e melhor atendimento nos canais digitais (29%).

Pandemia

O estudo mostra ainda o reflexo da pandemia da Covid-19 para acelerar esse processo de modernização e digitalização, além do comportamento das empresas em relação aos serviços bancários. Quase metade das PMEs ouvidas (47%) afirmam que sua relação com os bancos mudou nesse período. A região Sul é onde a maioria (57%) das companhias viu esse impacto, enquanto nas regiões Centro Oeste e Norte, o número cai para 42%.

Durante o período, a abertura de conta em bancos digitais pela agilidade e facilidade (43%), além do acesso a outros serviços (40%), foram as principais mudanças relatadas pelas empresas. Outro motivo citado para migração entre bancos foi o valor abusivo das tarifas (28%).

Além da mudança de banco, também houve impacto na utilização de produtos e serviços. Um terço dos entrevistados afirma que a empresa realizou um downgrade no plano de serviços (29%), enquanto outros (22%) realizaram a contratação de mais serviços bancários desde março de 2020.

Conheça a conta PJ digital Banco BS2

A conta PJ digital do Banco BS2 é ideal para pequenos e médios negócios, que precisam manter o foco nas estratégias que alavanquem o seu faturamento, com soluções financeiras na medida certa para o orçamento de quem está começando a empreender.

A abertura é gratuita e 100% digital. Em até três dias úteis, a conta é liberada, sem mensalidades ou tarifas abusivas, com taxas pagas somente por uso individual.

Com a conta PJ digital do BS2, sua empresa tem acesso a um ecossistema de soluções inteligentes. E você realiza o controle das finanças do seu negócio na palma da mão pelo nosso app.

O BS2 quer ser o parceiro da evolução desde os primeiros passos do seu negócio. Estamos prontos para oferecer soluções adequadas a pequenas e médias empresas. Abra uma conta PJ digital gratuita BS2 Empresas

Posts Relacionados

Deixe o seu comentário abaixo

Siga a gente nas redes sociais

Posts mais lidos

Posts recentes