tela de celular com logo Drex

Drex – o futuro da economia é agora

DREX: tudo o que você precisa saber.
Comecemos pelo nome
D de digital. R de real. E de eletrônico. E X, como símbolo de conexão, de transação.
Em uma única sigla, tudo o que precisamos saber: o Drex é a versão digital do real, que será usado em transações que acontecerão em um ecossistema exclusivamente eletrônico.

Mas atenção: o Drex não é uma criptomoeda!
Afinal, Criptomoedas não possuem um órgão regulador, o que explica sua fragilidade, imprevisibilidade e frequentes flutuações de valor.

Já o Drex possui um órgão centralizador pois ele é emitido pelo Banco Central.
Por isso, ele ganha outro nome: CBDC, que é a sigla inglesa para Moeda Digital do Banco Central.
Em outras palavras, ele é exatamente como o dinheiro de papel, mas na versão digital.

Como funciona o Drex?

Em termos tecnológicos, o Drex utiliza o chamado Block Chain, que por sua vez, usa a DLT, ou em português, a Tecnologia de Registro Distribuído. São termos novos e que estão gradativamente adentrando o vocabulário das instituições financeiras.

Para nós, a pergunta mais relevante é: como o Drex funciona em termos de negócios para sua empresa?
Por ora, existe uma resposta clara: permitindo que ela faça transações financeiras de alto valor com absoluta segurança e, sobretudo, com garantia da entrega do ativo adquirido.

Imagine os seguintes cenários:

●Aquisição de um ou alguns imóveis pela sua empresa,
●Compra de uma frota de veículos ou
●Importação de um ou alguns contêineres de produtos.

Em qualquer uma dessas situações, sua empresa paga para então receber o ativo? A outra parte envia os ativos para então receber o pagamento? Esse tipo de transação é sempre rodeado de incertezas, desconfianças e riscos.

Com o Drex, esses impasses deixam de existir. E o motivo para isso chama-se contrato inteligente.

Neste tipo de contrato, grosso modo, se tudo estiver em ordem com todas as partes envolvidas no negócio, ele é concluído. Caso contrário, ele simplesmente não acontece. E ninguém sai lesado.

Drex e o Banco BS2

Por meio de um consórcio liderado pela Associação Brasileira de Bancos, a ABBC, nós começamos a nos envolver com o Drex ainda na fase de testes, naquilo que o Banco Central chamou de Piloto Drex. Isso foi em junho de 2023. Quatro meses depois, em outubro de 2023, o Banco BS2 fez sua primeira transação com o Drex. O envolvimento do Banco BS2 com o Drex desde o início nos coloca em uma posição estratégica no que diz respeito às soluções que seremos capazes de oferecer uma vez que o Drex for lançado.

A gente sabe o que está acontecendo desde o começo, então consegue fazer uma adaptação correta desde o início. É algo em conjunto, você sabe qual é o próximo passo, entende a complexidade. Então consegue (…) se adequar para não ficar para trás e entregar todos os produtos que o Drex vai trazer. A gente montou uma equipe de inovação para cuidar do Drex e conseguir fazer essa entrega com excelência”.

Stephany Colantonio, superintendente de produto do Banco BS2

Ainda há muito a aprender sobre o Drex. No entanto, uma coisa é certa: o potencial de inovação que a nova moeda digital brasileira traz é ilimitado. Afinal de inovação, o Banco BS2 entende.

Tanto que fomos o primeiro banco digital homologado pelo BACEN a operar com Pix. De operar com Pix a oferecer soluções de API Pix para empresas foi um pulo.

Além do API Pix, nossos clientes também contam com outras soluções de API de cobrança (como API Boletos e API Conta Digita), e com nossa expertise nas áreas de Open Finance e Banking as a Service.

Se para muitos, o Drex é o próximo passo na escalada de inovação financeira, para nós, é a oportunidade ideal de criar produtos, serviços e soluções que vão ajudar sua empresa a estar sempre um passo à frente no seu mercado de atuação.

Posts Similares

Posts Recentes

Golpes e fraudes: saiba descobrir quando um boleto é falso

Guia prático para identificar um boleto falso

Os boletos falsos representam uma ameaça constante para a segurança financeira dos brasileiros, sendo uma das principais ferramentas utilizadas por golpistas para lesar pessoas e empresas. Identificar um boleto falso pode não ser tão simples quanto parece, pois os criminosos empregam técnicas cada vez mais sofisticadas para enganar as vítimas. Neste guia, apresentaremos algumas dicas…

FGI PEAC no Dia das Mães: impulsione sua empresa com o Banco BS2

O Dia das Mães tem impacto significativo nas vendas no Brasil, já que, anualmente, gera alta do comércio varejista, estimulando a economia e o mercado em todo o País. Os mais diversos setores de atuação do varejo podem esperar: Alta performance é pensar um passo à frente Em uma das datas que mais movimenta a…
Por um mundo com mais mulheres na liderança

O lugar das mulheres é na liderança. E onde mais elas quiserem estar.

“Não se nasce mulher. Torna-se mulher.” Quem mais seria capaz de conceber uma ideia tão poderosa quanto essa senão a filósofa, escritora e intelectual francesa Simone de Beauvoir?  Essas palavras foram publicadas em 1949.  Hoje, 75 anos depois, elas continuam reverberando. Continuam mais atuais do que nunca. E continuam inspirando mulheres do mundo todo a…
mão apontando para o Brasil em um globo terrestre digital, mostrando o mundo conectado.

De câmbio à conta internacional, conectamos sua empresa ao mundo. E vice-versa.

Negócios internacionais, “Um mundo de possibilidades”. Hoje, graças ao inevitável progresso da tecnologia (em todos os âmbitos), o mercado financeiro tornou-se – de fato – palco de infinitas oportunidades. No âmbito financeiro, o Banco BS2 tem orgulho de liderar esse progresso tecnológico. E orgulha-se ainda mais de poder, através de nossas inovadoras soluções financeiras, dar…
Atendimento humanizado, tecnologia, humano

Atendimento humanizado em um banco 100% digital? Sim, exatamente!

É comum pensar em “humano” e “digital” como dois conceitos mutuamente excludentes, como se não fosse possível usar as mais avançadas e inovadoras tecnologias a serviço de um atendimento mais empático, gentil e personalizado. Mas a verdade é que ambos podem, sim, andar lado a lado. Aliás, devem Afinal, o papel da tecnologia é potencializar…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *