o Open Banking funciona por meio de APIs, o que reduz os custos dos processos

O que são as APIs do Open Banking?

O Open Banking é um novo sistema de compartilhamento de dados que facilita a distribuição do histórico bancário dos cliente. Porém, para que funcione da maneira correta, é necessário ter APIs específicas, que sejam abertas e que possam ser conectadas. Mas você sabe o que são as APIs do Open Banking?

As APIs do Open Banking foram desenvolvidas para combinar diferentes tecnologias e soluções para que tanto o consumidor, como a empresa se beneficiem da troca de informações. Isso porque, ao poder compartilhar seus dados com outros bancos e instituições financeiras, o correntista pode solicitar cartões com limite maior, e a empresa pode oferecer produtos que estejam de acordo com o perfil daquele cliente, sem necessidade de análise de crédito que dura dias.

Entenda a seguir o que são as APIs do Open Banking e entenda como elas atuam dentro do sistema de compartilhamento de dados.

O que são APIs?

Antes de entender as APIs do Open Banking, você precisa entender o que são APIs em um contexto geral. 

as APIs são programações desenvolvidas para integrar sistemas e compartilhar dados e informações
as APIs são programações desenvolvidas para integrar sistemas e compartilhar dados e informações

API é a sigla para Application Programming Interface, e nada mais é do que o conjunto de padrões usados como interface de integração. Embora muitas pessoas não conheçam essa tecnologia, ela já é usada há muitos anos no MarketPlace.

A única diferença é que atualmente elas estão mais modernas e com dados mais fáceis de serem compartilhados graças às interfaces e especificações abertas.

Ou seja, uma API é o sistema responsável por conversas com outros dispositivos, como por exemplo quando você acessa um site. Você só consegue ver o conteúdo desse site porque está em contato com a API da página, e caso exista um espaço para fazer um login e você use suas redes sociais, essa integração se dá também graças a esse sistema.

Leia mais sobre APIs clicando aqui!

O que são as APIs do Open Banking? 

No Open Banking as APIs funcionam da mesma maneira e são o principal pilar desse processo por permitir que os sistemas bancários conversem entre si de maneira segura.

As APIs, nesse caso, funcionam como uma espécie de ponte que conecta os aplicativos e permite que as informações sejam trocadas entre aplicações de linguagens diferentes.

Não existe, no caso do Open Banking, uma única plataforma que todas as instituições usam para integrar os dados, e sim APIs abertas que permite que qualquer empresa tenha acesso ao banco de dados de instituições que também tenham APIs abertas.

Um dos pioneiros em adotar o Open Banking, ainda em 2018, foi o Reino Unido e atualmente já ultrapassa as 180 milhões de APIs ativas.

No Brasil, o Banco do Brasil deu início a esse novo modelo de negócio usando um padrão internacional de autorização e de segurança que permite que você faça login nas suas redes sociais em sites de terceiros sem expor sua senha.

Esse sistema é chamado de OAuth e protege o acesso pelas APIs, o que permite que você use aplicativos e serviços parceiros do banco em sua conta para experimentar novas oportunidades na área financeira.

Isso significa que você pode usar um aplicativo de controle financeiro e conectá-lo à sua conta bancária para ter uma experiência mais completa com o uso do compartilhamento de dados, mas sem correr o risco de ter informações vazadas.

O sistema das APIs do Open Banking também permite que você leve todo o seu histórico de crédito para qualquer instituição financeira que também tenha uma API aberta a hora que quiser, sem necessidade de começar uma relação com o novo banco do zero e sem passar pela análise de perfil e de crédito.

é por meio das APIs que os bancos "conversam" entre si e compartilham dados e informações
é por meio das APIs que os bancos “conversam” entre si e compartilham dados e informações

Vale lembrar que bancos de médio e grande porte participam obrigatoriamente do Open Banking, e as instituições menores e fintechs participam apenas se tiverem interesse no novo modelo de negócio.

Por que é preciso usar uma API aberta para o Open Banking?

Com o código aberto, a API aberta ou Open API é uma ferramenta capaz de trabalhar em níveis de evolução mais maduro, sendo um dos principais benefícios para o setor financeiro e para o compartilhamento de dados.

Isso porque o mercado exige que o controle de dados seja em níveis bastante aprimorados com agilidade nas operações e eficiência o suficiente para acessar os códigos abertos com excelência, garantindo que os dados não sejam vazados ou que ocorra fraudes.

Além desses benefícios, se as APIs não fossem abertas o compartilhamento de dados seria impossível, já que as outras instituições não poderiam acessar as informações do cliente de maneira rápida.

Com uma API aberta, qualquer banco que tenha também uma API aberta pode integrar os sistemas e compartilhar os dados, de modo a receber e fornecer informações sempre que for necessário, desde que o cliente esteja de acordo com isso.

Agora que você aprendeu o que são as APIs do Open Banking ficou mais fácil entender por que elas são tão importantes para esse novo modelo de negócio. Vale lembrar que uma API bem desenvolvida não somente fornece dados corretamente quando os sistemas estão integrados, mas também garante uma maior agilidade e segurança durante esses processos.

Abra a sua Conta Digital BS2 Empresas e aproveita as vantagens do Open Banking

Posts Similares

Posts Recentes

FGI PEAC no Dia das Mães: impulsione sua empresa com o Banco BS2

O Dia das Mães tem impacto significativo nas vendas no Brasil, já que, anualmente, gera alta do comércio varejista, estimulando a economia e o mercado em todo o País. Os mais diversos setores de atuação do varejo podem esperar: Alta performance é pensar um passo à frente Em uma das datas que mais movimenta a…
Por um mundo com mais mulheres na liderança

O lugar das mulheres é na liderança. E onde mais elas quiserem estar.

“Não se nasce mulher. Torna-se mulher.” Quem mais seria capaz de conceber uma ideia tão poderosa quanto essa senão a filósofa, escritora e intelectual francesa Simone de Beauvoir?  Essas palavras foram publicadas em 1949.  Hoje, 75 anos depois, elas continuam reverberando. Continuam mais atuais do que nunca. E continuam inspirando mulheres do mundo todo a…
mão apontando para o Brasil em um globo terrestre digital, mostrando o mundo conectado.

De câmbio à conta internacional, conectamos sua empresa ao mundo. E vice-versa.

Negócios internacionais, “Um mundo de possibilidades”. Hoje, graças ao inevitável progresso da tecnologia (em todos os âmbitos), o mercado financeiro tornou-se – de fato – palco de infinitas oportunidades. No âmbito financeiro, o Banco BS2 tem orgulho de liderar esse progresso tecnológico. E orgulha-se ainda mais de poder, através de nossas inovadoras soluções financeiras, dar…
Atendimento humanizado, tecnologia, humano

Atendimento humanizado em um banco 100% digital? Sim, exatamente!

É comum pensar em “humano” e “digital” como dois conceitos mutuamente excludentes, como se não fosse possível usar as mais avançadas e inovadoras tecnologias a serviço de um atendimento mais empático, gentil e personalizado. Mas a verdade é que ambos podem, sim, andar lado a lado. Aliás, devem Afinal, o papel da tecnologia é potencializar…
Dia da internet segura

Dia da Internet Segura: celebrando 20 anos de segurança digital

O ano era 2004. Foi neste ano que nasceu, lá na União Europeia, a iniciativa que ficaria conhecida mundialmente como o Dia da Internet Segura.  Sim, mundialmente. Afinal, hoje já são mais de 200 países participantes.  Dentre eles, é claro, o Brasil.  O slogan da iniciativa não deixa dúvidas: “Juntos para uma Internet Mais Positiva”….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *